Escolas
24/11/2022

Estudantes Salesianos conquistam 1º lugar da Feira Internacional Ciência Jovem

Com o projeto “Capibaribe: Sob o Olhar de uma Nova Geração”, desenvolvido no Ensino Fundamental I e II do Instituto Santa Maria Mazzarello, em Recife (PE), os estudantes salesianos de Pernambuco conquistaram o 1º lugar na Feira Internacional Ciência Jovem, uma das mais antigas e prestigiadas feiras de ciências do Brasil, organizada pelo Espaço Ciência, com o apoio do governo de Pernambuco. Representando o Instituto Salesiano, estavam presentes as estudantes Sofia Lopes dos Santos e Ana Cecília Eloi Silva, acompanhadas do Professor de Geografia, Ary Junior.

O Projeto Capibaribe tem como objetivo destacar a importância social, ambiental e econômica do Rio Capibaribe sob a percepção dos estudantes salesianos. O rio tem sua marca presente na construção da cidade de Recife, mas sofreu e sofre com inúmeros impactos, por isso o projeto tem o intuito de contribuir com a redução da degradação. “O livro de Geografia da Coleção Rotas tem como ponto de partida uma análise sobre o Rio Xingu. Então, estudamos a hidrografia partindo da região Centro-Oeste e Norte e, desta forma, desenvolvemos estudos sobre a hidrografia da nossa região. Com isso, desenvolvemos pesquisas sobre o Capibaribe, fizemos estudos de campo, retiramos resíduos do seu leito, participamos de audiência pública na Assembleia Legislativa do estado e entregamos ao presidente da Comissão de Meio Ambiente uma solicitação para que medidas sejam tomadas para a proteção do rio”, comenta o Professor Ary Junior.

 

  

  

 

Todos os desdobramentos do Projeto garantiram sua qualificação para ser apresentado no Seminário Virtual para Socialização de Boas Práticas com a Coleção ROTAS, realizado pela Rede Salesiana Brasil juntamente com a Editora Edebê em outubro deste ano.

Sobre a participação na Feira Internacional Ciência Jovem, o Professor Ary comenta: “A oportunidade surgiu a partir da minha iniciativa de submeter o trabalho para análise da equipe avaliadora da Ciência Jovem. Fiz a inscrição do projeto e foi selecionado pela organização”. A Feira reúne trabalhos de todo o Brasil e, este ano, contou com a participação de países como México, Paraguai, Uruguai e Argentina, além de representantes de diversos estados brasileiros. “Para nós, do Mazzarello Recife, levar o nosso projeto escolar para essa Feira já foi um grande prêmio. Mas chegar ao primeiro lugar foi uma grande honra. Com a colocação, fomos credenciados a participar do Movimento Internacional para o Recreio Científico e Técnico - MILSET Brasil, que será realizado em Fortaleza (CE), em junho de 2023”, completa Ary.

“A Ciência Jovem me fez muito bem. Partilhar os conhecimentos que aprendi na escola e apresentar em um evento com muitas pessoas foi enriquecedor. Jamais vou esquecer”, comenta a estudante salesiana, Sofia Lopes. “Para mim foi incrível! Receber o prêmio e ver que nosso trabalho foi vencedor é algo espetacular. Continuaremos trabalhando pelo Capibaribe e lutando para que a humanidade perceba a importância de cuidar do meio ambiente”, diz a estudante salesiana, Ana Cecília. “Enquanto Gestora, ver toda a comunidade escolar pesquisando, construindo e partilhando seus conhecimentos é prova de que a educação tem o poder de transformar. É nisso que nós acreditamos!”, afirma a Gestora do Instituto Santa Maria Mazzarello, Carla Susana.

 

 

 

Fonte: Equipe RSB-Comunicação

Compartilhe