Comunicação
26/10/2022

Inspetoria Nossa Senhora Aparecida (BAP), de São Paulo, recebe visita da Madre Geral Emérita

Entre os dias 7 e 26 de outubro, a Inspetoria Nossa Senhora Aparecida (BAP), de São Paulo, teve a grande alegria de contar com a visita e presença de Irmã Yvonne Reungoat, Madre geral emérita do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) entre os anos 2008-2021.
Irmã Yvonne chegou de Roma no dia 7 de outubro e foi calorosamente acolhida na Casa inspetorial, no bairro Bom Retiro, em São Paulo. A comunidade local estava esperando-a, assim como as Noviças que a receberam com cantos e coreografias, e também representantes da comunidade educativa do Colégio de Santa Inês.
Na tarde do mesmo dia, houve uma celebração eucarística na capela da Casa inspetorial, presidida pelo Salesiano, P. Dilermando Luiz Cozatti, a fim de consagrar à Nossa Senhora do Rosário a presença e a estadia de Irmã Yvonne na BAP, bem como os Exercícios Espirituais orientados por ela a dois grupos de Irmãs.
No dia 8 de outubro, Irmã Yvonne viveu um momento muito especial: a participação ao Fest 2022, evento 100% salesiano que reuniu presencialmente, depois de dois longos anos de espera, cerca de 4.500 pessoas entre jovens, educadores, leigos, religiosos e religiosas, reavivando o carisma e a alegria de estar em família, unidos em um só espírito de paz e partilha.
Na tarde do dia 8, Irmã Yvonne pode visitar as Irmãs idosas e doentes da Casa Santa Teresinha, da Lapa. Em um diálogo bem familiar, ela fez o que mais gosta: agradecer todo o apoio das Irmãs, especialmente a oração silenciosa e a oferta da própria situação pelo bem do Instituto.

Um dia carismático

Já no dia 9 de outubro, o dia se apresentou bastante intenso! Irmã Yvonne deixou São Paulo e foi até Guaratinguetá, visitar a comunidade do Colégio do Carmo que este ano está celebrando os 130 anos da chegada das FMA ao Brasil. Num encontro muito simpático e fraterno, Irmã Yvonne recordou o quanto Nossa Senhora precede sempre as presenças e fundações das FMA. Ela destacou o fato de que a primeira fundação das FMA no Brasil tenha sido justamente tão próxima da cidade de Aparecida, onde está localizado o Santuário Nacional da Padroeira do Brasil e onde, em 1717, a imagem de Nossa Senhora foi encontrada nas águas do Rio Paraíba do Sul. Outro fato que revela a presença “antecipada” de Maria é o nome dado à primeira fundação das FMA: o primeiro Colégio foi dedicado à Nossa Senhora do Carmo, devoção que marcou profundamente a vida de Mons. João Filippo, sacerdote italiano que construiu o edifício e solicitou a vinda das Irmãs Salesianas para Guaratinguetá.
Depois do Carmo, Irmã Yvonne realizou um grande sonho: conhecer pessoalmente o “Memorial das Filhas de Maria Auxiliadora no Brasil”, organizado e em pleno funcionamento junto à Casa do Puríssimo, onde se encontra também a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, construída também esta por Mons. João Filippo, e que acolhe diariamente muito romeiros e devotos de Nossa Senhora.
No “Memorial”, Irmã Yvonne foi acompanhada por Irmã Dulce Hirata que apresentou todo o percurso histórico tanto do Memorial quanto da presença das FMA no Brasil. Irmã Yvonne ficou muito encantada com o estilo moderno, criativo e também com a seriedade da pesquisa história que resultou neste espaço carregado de carisma e de amor à juventude.
Depois da visita ao “Memorial”, Irmã Yvonne foi até Lorena para encontrar a comunidade da Casa Maria Auxiliadora, onde pode expressar mais uma vez a sua gratidão às Irmãs idosas pelo acompanhamento e oferta das orações.
Outro momento muito esperado, era a possibilidade de visitar o Santuário Nacional de Aparecida, o que aconteceu no final da tarde, como parte do programa intenso de Irmã Yvonne. Estar na “Casa da Mãe”, ainda que por breve tempo, conhecer a obra artística de Marko Rupnik que já cobriu a fachada norte do Santuário e agora está sendo executada na fachada sul, e especialmente poder ver uma quantidade enorme de romeiros e peregrinos que iam chegando para acompanhar os festejos do dia 12 de outubro, era tudo o que o coração mais queria. Aliás, convém ressaltar que durante a viagem de São Paulo a Guaratinguetá, em todo o percurso encontrou-se peregrinos caminhando em direção ao Santuário de Aparecida. Era comovente ver a fé, a persistência e também a resiliência com que os peregrinos viviam este percurso. Realmente a fé move montanhas!

Exercícios Espirituais bíblico-carismáticos

Entretanto, o motivo principal da visita de Irmã Yvonne Reungoat à Inspetoria Nossa Senhora Aparecida foram os Exercícios Espirituais por ela orientados, a dois grupos de FMA.
O primeiro grupo encontrou-se de 10 a 16 de outubro, na Vila Dom Bosco, em Campos do Jordão (SP). Eram cerca de 60 participantes que puderam não só desfrutar da sabedoria e das reflexões de Irmã Yvonne, mas também do ambiente de uma natureza exuberante, do silêncio e da tranquilidade do lugar.
As meditações propostas por Irmã Yvonne reuniam em si o que de melhor existe em termos bíblicos e carismáticos, tudo somado à grande experiência de vida e visão de mundo da Madre geral emérita. Em Campos do Jordão, o grupo teve a assistência espiritual do salesiano Padre Osmar Bezutte e contou com o seu ministério da escuta e dos sacramentos.
O segundo grupo encontrou-se de 18 a 24 de outubro, na Casa Santa Teresa, em Porto Alegre (RS), antiga sede inspetorial antes da nova configuração. Ali se reuniram outras 40 FMA e duas Irmãs Scalabrinianas para ouvir e meditar as mensagens de Irmã Yvonne, num espaço muito acolhedor e de bom gosto, onde cada detalhe favorecia a oração pessoal e o clima de silêncio. Em Porto Alegre, o grupo contou com a presença e o ministério sacerdotal de vários salesianos que vivem na Casa inspetorial SDB, em Porto Alegre.
Tanto o grupo de Campos do Jordão quanto o de Porto Alegre tiveram alguns particulares em comum: a visita dos Inspetores salesianos, P. Justo Piccinini (BSP) e P. Gilson da Silva (BPA), as “Boas Noites” de Irmã Yvonne e um momento de integração no qual as Irmãs presentes puderam se apresentar e dizer de onde vinham. Este foi um espaço muito significativo, já que algumas Irmãs estavam se encontrando e se conhecendo pela primeira vez desde a fundação da Inspetoria BAP.
O particular diferente foi, para o grupo de Campos do Jordão, a visita de Dom Antônio Carlos Altieri, arcebispo emérito da Arquidiocese de Passo Fundo (RS) e a possibilidade de celebrar a Festa de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil e Patrona da BAP, bem como a Festa de Santa Teresa D’Avila, Patrona do Instituto das FMA.
Já o grupo de Porto Alegre teve a graça de concluir os Exercícios Espirituais na comemoração mensal de Maria Auxiliadora, 24 de outubro, e acolheu fraternalmente o pedido de renovação dos votos da juniorista, Irmã Eudenice da Luz Maia.
Irmã Yvonne Reungoat retornou à sede da BAP, em São Paulo, no dia 25 de outubro, onde participou de uma Eucaristia de encerramento da visita e viajou para Roma na manhã do 26 de outubro.
As FMA da Inspetoria Nossa Senhora Aparecida agradecem a Irmã Yvonne pela bonita experiência vivida neste tempo fecundo de encontros, reencontros e muita espiritualidade, bem como o testemunho de uma vida feliz, totalmente entregue pelo bem da Igreja e do Instituto.

Compartilhe