12/05/2024

RSB Celebra o Amor Materno

Neste domingo, 12 de maio, o Brasil e grande parte do mundo se unem em homenagem a um dos pilares mais fundamentais da sociedade: as mães. O Dia das Mães, uma celebração marcada por amor, gratidão e reconhecimento, tem uma origem profundamente emocional e histórica. Segundo historiadores, a data remonta à Grécia Antiga, onde as festividades em honra à mãe dos deuses, Rhea, ocorriam no início da primavera. No entanto, a prática moderna do Dia das Mães teve início nos Estados Unidos, no século XX, com a incansável batalha de Anna Jarvis que, em 1908, organizou um memorial em homenagem à sua própria mãe, Ann Reeves Jarvis, ativista que lutou pela saúde pública e pela reconciliação durante a Guerra Civil Americana. A partir desse gesto, a data gradualmente se popularizou e se tornou um feriado nacional em 1914, quando o presidente Woodrow Wilson oficializou o segundo domingo de maio como o Dia das Mães nos Estados Unidos.

 

AS MÃES SALESIANAS

Não há como pensar a história da missão Salesiana sem considerar o papel imprescindível desempenhado pela Mãe de Jesus, Nossa Senhora Auxiliadora dos Cristãos, e Mamãe Margarida, a mãe do próprio Dom Bosco. 

Como uma mentora desde sua infância, Nossa Senhora Auxiliadora esteve presente na vida de Dom Bosco desde que foi apresentada a ele no sonho profético dos 09 anos. Com uma devoção inabalável a Ela, Dom Bosco confere a Maria o sucesso da missão salesiana, sendo creditada a ele a famosa frase “Foi ela quem tudo fez”. Além disso, Dom Bosco cria o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) para ser um monumento vivo de gratidão à Mãe de Jesus.

Também na vida de Madre Mazzarello, Nossa Senhora Auxiliadora desempenha um papel crucial, sendo o exemplo de entrega e obediência aos desígnios de Deus. Assim como na vida de Dom Bosco, Maria também atua na caminhada de Madre Mazzarello, em especial quando profere a famosa frase “A ti as confio” na visão em que Mazzarello enxerga um pátio cheio de meninas e que anuncia a missão de vida da Superiora Geral das FMA.

Margarida Occhiena, a mãe de Dom Bosco, e carinhosamente conhecida por toda a Família Salesiana como Mamãe Margarida, é a responsável pela educação na fé, inserindo as figuras de Jesus e Maria desde cedo na vida dos filhos. Quando Dom Bosco cuidava do Oratório em Valdocco, Mamãe Margarida foi ajudá-lo, se despindo de seu quereres pessoais e se tornando a figura materna dos jovens oratorianos da época. Após sua morte, a mãe de Miguel Rua a substituiu no cuidado com os jovens.

 

AS MÃES DO ESCRITÓRIO NACIONAL DE BRASÍLIA (DF)

Por meio das mães do Escritório Nacional da Rede Salesiana Brasil (RSB), localizado em Brasília (DF), homenageamos todas as mães que fazem parte da missão salesiana. Com alegria e muita gratidão, a RSB se orgulha em poder contar com mães excepcionais que oferecem diariamente suas habilidades pessoais e profissionais, contribuindo para a eficácia e fortalecimento dos serviços prestados pela missão salesiana em prol das juventudes. A todas vocês, desejamos um feliz Dia das Mães!

 

Por Equipe de Comunicação da Rede Salesiana Brasil

Compartilhe