05/04/2024

Chega ao fim a Jornada Formativa GIROLHAR

Na tarde dessa sexta-feira (05), chegou ao fim a Jornada Formativa GIROLHAR, evento promovido pela Rede Salesiana Brasil (RSB), em parceria com a sua Editora Edebê, que aconteceu de 02 a 05 de abril, em Aparecida (SP), reunindo as Coordenações Pedagógicas das escolas salesianas para ampliar os debates, as reflexões, as partilhas e as construções colaborativas no âmbito da Educação Infantil, além de conhecer as atualizações da Coleção GIROLHAR.

O último dia da Jornada Formativa foi norteado pelo tema geral: “Olhar e espalhar mais as sementes formativas que florescem e giram em solos férteis e frutuosos” e os participantes puderam contar com um momento comandado pela Mestra da USP, Arte-Pedagoga Contemporânea pela UNICAMP e Gestora Pedagógica das escolas salesianas da Inspetoria Nossa Senhora Aparecida, Meily Moany, juntamente com a Especialista em Educação, Caroline Cardoso. A dupla abordou, durante o período da manhã, o tema: “Giroaquário: Girolhar os contextos educativos e delinear caminhos para a formação das educadoras das infâncias”. O momento rendeu muitas reflexões, risadas e conhecimento em prol da Educação Infantil.

Confira alguns depoimentos sobre o evento:

“Ao terminarmos esse primeiro encontro de formação da Rede Salesiana Brasil, na linha da formação das Coordenações, saímos com sentimentos de muita esperança e muita expectativa também da possibilidade de colocar em prática os compromissos e o aprendizado que tivemos nesses dias. Pelo o que eu tenho escutado nos corredores e em conversas informais com cada uma das Coordenadoras, elas também levam essa expectativa de ser um ano de bastante conquista em relação à compreensão do conceito de infâncias nos nossos tempos.”

Ir. Silvia Aparecida da Silva, Diretora Executiva da Rede Salesiana Brasil

 

“Os dias da Jornada Formativa Girolhar foram de uma riqueza e significatividade muito grandes. As Coordenadoras de Educação Infantil de nossa Rede, provenientes dos mais diversos contextos do Brasil Salesiano, provocadas pelos conferencistas, pelas partilhas dos casos relacionados ao desenvolvimento da Coleção Girolhar e pelas contínuas discussões sobre o Currículo da RSB para a Educação Infantil, criaram um clima de alegria, dedicação e entusiasmo que contagiou a todas e todos ali presentes. A belíssima participação nos momentos celebrativos e nos ‘Boas Noites’, preparados pelos membros do Comitê das Escolas, também permitiram uma vivência tipicamente salesiana. Certamente, todas e todos retornam para suas escolas muito mais confiantes de que o trabalho e a missão educativa a serem realizados é um sonho, um sonho a ser construído por toda a nossa comunidade educativa.”

Pe. Sérgio Augusto Baldin Júnior, Diretor Executivo da Rede Salesiana Brasil

 

“Eu acredito que um dos objetivos principais do encontro foi alcançado, que era fornecer uma qualificação para as Coordenadoras Pedagógicas com a intenção de que elas possam fazer isso acontecer em suas realidades. Então, contemplando o olhar delas e a satisfação, acreditamos que as palestrantes e tudo que foi oferecido ajudou a alcançar esse objetivo de qualificação. O nosso grande objetivo é que esse, como disse uma das palestrantes, não seja só um evento, porque ‘evento’ vem de ‘vento’, mas que ele possa continuar nas realidades locais [...]. Pelo que a gente está sentindo, o clima que se criou na Jornada, eu estou muito satisfeita e acredito que tenhamos alcançado esse objetivo.”

Ir. Lucia Jacinta Finassi, Coordenadora Nacional das Escolas Salesianas

 

“Eu creio que o que podíamos potencializar nesse encontro é uma elevação de expectativa em relação ao trabalho em rede, primeiro com esse encontro presencial na casa da mãe, fortalecendo os laços carismáticos e, segundo, no sentido de tratar as temáticas voltadas para o material da Coleção da Educação Infantil, bem como realizar o processo de interação com as Coordenadoras. A expectativa é a melhor possível, com a intenção de que as mesmas possam levar para suas presenças e locais de trabalho inovações e melhorias no dia a dia e na rotina, junto, não só com os professores, mas também com os alunos.”

Maria Dantas, Coordenadora Executiva da Rede Salesiana Brasil

 

“Eu penso que a Jornada superou nossas expectativas e também das participantes. Foi um evento todo pensado, planejado e realizado em rede e isso foi um sentimento muito forte que eu vi nas ressonâncias e nos comentários das Coordenadoras. Hoje, com esse processo formativo que ela [a Rede Salesiana Brasil] tanto valoriza e investe, nós percebemos que temos um corpo de Coordenação Pedagógica muito consistente e pessoas muito sabidas que estudam, pesquisam, se dedicam e trazem um brilho no olhar [...]. Certamente a Jornada não finaliza agora, ela segue em vários cantos do Brasil, exatamente com essa força das nossas Coordenadoras Pedagógicas, continuando em rede todo esse trabalho para que os frutos sejam muitos e que cheguem a cada criança e às nossas Educações Infantis de todo Brasil.”

Ana Paula Costa e Silva, Gestora de Projeto de Formação da Rede Salesiana Brasil

 

“A jornada formativa Girolhar para Coordenadoras Pedagógicas de fato girou nossos olhares, nossas mentes e nossos corações. Com salesianidade, despertamos novas ideias e refletimos sobre temáticas importantíssimas para a educação das infâncias. Tivemos a alegria de receber palestrantes renomados para ministrar assuntos atuais que nos auxiliaram a pensar sobre nossos documentos norteadores, sobre a nossa concepção de criança, de Coordenador e Coordenadora Pedagógica, de liderança salesiana e inclusive de como podemos despertar isso também nas professoras e nas nossas educadoras salesianas para que o nosso trabalho se qualifique ainda mais, para que o nosso trabalho avance cada vez mais.”

Meily Moany, Gestora Pedagógica das escolas salesianas da Inspetoria Nossa Senhora Aparecida

          

Por Equipe de Comunicação da Rede Salesiana Brasil

Compartilhe