16/04/2024

Estudantes Salesianos são Destaque em Campeonato Nacional de Vôlei

De 09 a 14 de abril, a cidade de Maringá (PR) sediou o Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS). O evento tem por finalidade democratizar o vôlei e propiciar o surgimento e observação de novos talentos em todas as regiões do Brasil. Atualmente, o CBS é composto de 12 competições e, nesta última semana, dois estudantes do 1º ano do Ensino Médio da Escola Salesiana Brasília (ESB) foram premiados por suas atuações nos jogos Sub 16 Masculino (1ª Divisão). São eles: Ian Lima Cardoso e Henrique Hoffmann, ambos premiados como melhor Central do campeonato.

Tendo ingressado no vôlei recentemente, Ian comenta que não esperava o reconhecimento de melhor Central da competição: “Ter recebido o prêmio de melhor Central junto do Henrique foi sinceramente inesperado, tendo em vista que eu só tenho um ano de vôlei. Mas devo agradecer aos meus técnicos Edinho, Fabrício e Adiel por terem me preparado e terem tido tanta paciência comigo”, comenta. “Participar desse campeonato foi uma experiência única e incrível, principalmente pela parceria dos meus companheiros. É uma honra dizer que participei e pude, junto ao meu time, garantir um resultado a favor do DF”, completa.

Eni Carlos de Lima, mãe do Ian, vê com bons olhos o ingresso do filho nos esportes e, mesmo acompanhando os jogos à distância, comenta com alegria sua participação no CBS: “Ver meu filho se destacando no campeonato de vôlei enche meu coração de alegria. É incrível testemunhar todo o esforço e dedicação que ele tem colocado nesse esporte e ver isso sendo reconhecido é simplesmente maravilhoso. É uma mistura de emoções, desde a ansiedade durante os jogos até a emoção pura ao vê-lo alcançar seus objetivos. Como mãe, presenciar este momento é uma alegria muito grande”. Eni comenta ainda que, mesmo sendo uma experiência recente na vida do filho, o vôlei desempenha um papel fundamental na vida dele. “Ele já havia participado de outras competições em outros tipos de modalidade, mas o vôlei tem ajudado a desenvolver habilidades importantes como trabalho em equipe, resiliência e entender sobre a superação de obstáculos, além da vontade de se dedicar cada vez mais.  O vôlei tem proporcionado ao Ian oportunidades de estabelecer amizades significativas e criar laços com outras pessoas que compartilham de interesses semelhantes”, comenta.

    

Marcus Vinicius Falco Ferreira, pai de Henrique Hoffmann Ferreira, acompanhou o filho em Maringá para o CBS e, sendo também essa a primeira competição nacional do filho no vôlei, Marcus comenta com orgulho a trajetória do Central: “Certeza de que ele está no caminho certo, um caminho de esportes, vida saudável e boas companhias”. O pai conta ainda que o vôlei trouxe grandes benefícios para Henrique: “Melhorou muito a autoestima, a alimentação e a prática de atividades físicas. Ajuda muito com relação à convivência em grupo, solidariedade com os amigos e independência”, conclui.

Sobre a premiação de melhor Central, Henrique recebeu com felicidade, uma vez que a competição estava repleta de bons jogadores: “Vimos durante o campeonato grandes jogadores com grandes qualidades e diferentes táticas de jogo, mas nossa equipe era uma das únicas em que os Centrais eram o foco, mostrando um diferencial. Além disso, em nosso jogo contra o Maranhão, vimos um Central que podia apresentar tanto potencial quanto a gente, mas procuramos enfrentar o desafio de jogar contra um Central forte e dar nosso potencial. Devo isso tudo principalmente à minha família, amigos e aos meus técnicos: Adiel, Edison e Fabrício”. Henrique ainda completa dizendo: “A minha experiência com esse campeonato foi de alegrias e de superações. Viver um dos maiores campeonatos nacionais da minha categoria é uma experiência desafiadora, mas a sensação de voltar medalhista é muito gratificante”.

    

Ian e Henrique compõem o time do Distrito Federal que conquistou a medalha de prata da competição, garantindo a classificação da equipe para a Divisão Especial no CBS de 2025, um excelente resultado para uma equipe que foi formada há pouco tempo. “Nosso grupo é muito novo e, mesmo assim, foi extremamente disciplinado taticamente para obter todas as vitórias que conseguiu, chegando à grande final e colocando o DF na Divisão Especial do Vôlei. Foi uma experiência incrível porque metade da seleção Sub 16 do DF são alunos da ESB que começaram a jogar há menos de um ano no projeto DF Vôlei”, comenta o integrante da Comissão Técnica, Adiel da Silva Carvalho.

A Escola Salesiana Brasília (ESB) mantém a parceria com o Projeto DF Vôlei em prol dos estudantes, uma ação que promove o esporte como prática de fortalecimento do protagonismo juvenil, apoiando a formação acadêmica e intelectual dos jovens participantes. “Desde 2023, estamos em sintonia com o projeto de lei de incentivo ao esporte, apresentado pela Senadora Leila Barros, ex-estudante salesiana. Este projeto coaduna com a proposta educacional da ESB, que se compromete a incentivar o protagonismo dos jovens, oferecendo oportunidades para o desenvolvimento de habilidades e competências por meio de suas próprias escolhas e Projetos de Vida.  Para nós, salesianos, cultivar essa consciência entre os jovens por meio da educação e do esporte os capacita a participar ativamente na sociedade, buscando sua felicidade e buscando projetos de vida que promovam sua realização pessoal, espiritual e humana”, diz a Diretora Geral e Pedagógica da ESB, Neusa Bueno.

A Comissão Técnica do Projeto DF Vôlei é formada por Adiel da Silva Carvalho, Fabrício Soares e Edson Pereira Pires. Além dos estudantes salesianos Ian Lima e Henrique Hoffmann, o time que conquistou a medalha de prata do CBS Sub 16 Masculino (1ª Divisão) também é composto por Paulo Gonçalves, Miguel Murback e João Soares, todos da ESB; além de Lukas Rego, Caio Marley, Victor Morales e Felipe Costa.

   

  

O Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS) é porta de entrada para jovens talentos de todo o país e já revelou nomes como Maique, Honorato, Felipe Roque, Kisy, Tainara e Nyeme, todos com passagens pela seleção brasileira adulta.

Por Equipe de Comunicação da Rede Salesiana Brasil, com informações do cbv.com.br / Fotos: Amanda Gabrielle e Arquivos pessoais dos entrevistados

Compartilhe